Temos algumas dúvidas quando estamos a tratar dos pormenores do casamento. E no que diz respeito aos convites de casamento devemos ter em consideração algumas questões importantes. Vamos esclarecer algumas delas.

1. Quando é que devemos enviar os convites?

Tradicionalmente, os convites devem ser entregues entre seis a oito semanas antes do casamento – o que dá aos convidados tempo para tratarem de tudo, seja para comprar/alugar vestidos de cerimónia, escolher penteados ou tratar das deslocações caso residam no estrangeiro.

Se decidires organizar um destination wedding (quando os noivos escolhem celebrar este dia longe do local onde vivem) convém enviar os convites com mais antecedência, pelo menos três meses antes da data. Neste caso, a maioria dos casais opta por cartões save the date, que são enviados seis a oito meses antes.

2. Qual é a data limite para ter as respostas dos convidados

Os casais que optam por enviar os convites por correio geralmente incluem nos mesmos, cartões de resposta já endereçados, para que os convidados possam enviar a sua confirmação também por correio. Mas mesmo que escolhas fazer os convites de casamento e entregá-los pessoalmente, reserva um mínimo de três semanas antes da data para receberem as respostas – o que permitirá organizar o seating plan e informar com a devida antecedência o serviço de catering. Se depois da data alguns convidados ainda não tiverem confirmado, aconselhamos a contactá-los por telefone ou email e pedir uma resposta o mais breve possível.

3. Onde incluímos informação sobre o nosso site de casamento?

Criar um blog ou site do vosso casamento é a forma mais fácil de manter informação atualizada sobre o grande dia, por isso se optarem por fazer o save the date, este é o melhor sítio para incluir o nome do vosso site. Mas se não o vão fazer, podem também incluir o endereço web nos próprios convites, num pequeno cartão onde indiquem onde podem encontrar todos os detalhes e manterem-se a par das novidades.

4. Podemos incluir a lista de presentes que queremos receber nos convites de casamento?

Numa palavra: não. Incluir uma lista de presentes que os noivos desejam receber é considerado indelicado, pois dá a entender que, na realidade, querem prendas e em vez da presença dos convidados no casamento.

Em vez disso, passa a palavra e podes dizer aos teus pais e amigos mais chegados o que precisam ou em que loja estão registados para que os convidados ofereçam as suas prendas. No caso de terem um site de casamento, como aconselhámos anteriormente, é o sítio ideal para colocarem essa informação.

5. Como fazemos para que os convidados saibam o dress code?

Quer as convidadas queiram usar vestidos de gala compridos ou prefiram vestidos de cerimónia curtos, a maneira mais fácil de ficarem a saber o tipo de outfit que pretendem para o vosso casamento, essa informação deve ser incluída no canto inferior direito do convite. Tudo depende da estação do ano em que se vai realizar o casamento, se é uma cerimónia diurna ou se tem início ao fim da tarde, do estilo de decoração.

Nota: Um convite clássico, com uma caligrafia cuidada e em cores sóbrias dá a entender que o casamento vai ser mais formal, enquanto um convite DIY, colorido ou com detalhes originais indica, geralmente, uma cerimónia mais casual e mesmo boho.

6. Temos de convidar todo os convidados com um acompanhante ou “mais um”?

Não, não têm. Se um convidado não está casado ou numa relação sólida há alguns anos, é perfeitamente aceitável convidá-lo só a ele. A maioria das pessoas vai entender que a ausência de outro nome ou indicação de acompanhante significa que querem contar apenas com a sua presença, e embora seja sempre agradável convidar toda a gente, se o vosso casamento será pequeno, de certeza que a família e amigos irão compreender.

7. Onde deve ser indicado o endereço de resposta?

A morada para onde os convidados respondem deve estar indicada na parte traseira do envelope e, geralmente, trata-se da morada da pessoa que foi designada para receber os cartões de resposta.

8. Se o nosso casamento é apenas para familiares chegados, é aceitável convidar pessoas apenas para a cerimónia?

Nem por isso. Toda a gente que participar na cerimónia (seja uma festa de noivado ou uma receção de casamento) deve ser igualmente convidado para o casamento – o que inclui a cerimónia e a receção. Assim, convidar alguém para um e não para o outro indica que não são importantes o suficiente para celebrar contigo o vosso estado de recém casados.